Dr. Juliano Andrade – Refrigerante – Doce veneno!

Graduação em Medicina em 2009 pela Unigranrio-RJ. – Pós graduado em Medicina do Trabalho em 2011 pelo Cenbrap. – Pós Graduando em Endocrinologia e Metabogia pelo Ipemed. – Sócio Proprietário Clinica CISSAT. Rua Desembargador Drumond, n°05, Campestre. Itabira-MG.

Acredito que alguns de vocês tenham compreendido de imediato a razão da imagem deste post apresentar torrões de açúcar ao lado de um copo de refrigerante! Uma lata de um destes de “cola” equivale a quase seis colheres de açúcar, além de aditivos químicos maléficos, como é o caso do “corante caramelo”. Vamos falar destas duas vertentes – que são doces venenos: açúcar e “refris”!


Sempre 
ouvimos falar dos malefícios ao organismo, e hoje mergulharemos neste assunto sob outra ótica – que poderá auxiliar a refletir e rasgar as vendas de que “só um golinho” – “só um pedacinho” – frequentemente – é “tudo ok”!
Há pouquíssimo tempo finalmente observamos a “verdade revelada sobre o açúcar” por meio de pesquisadores que descobriram que cinco décadas de pesquisas sobre o papel da nutrição e doenças cardíacas, incluindo muitas das recomendações dietéticas de hoje, pode ter sido em grande parte moldada pela indústria do açúcar, corrompendo tudo aquilo que conhecemos hoje sobre este e outros produtos!
​Ano passado o jornal New York Times trouxe mais uma vez notícias das máscaras caindo. Adivinhem vocês a bola da vez: a indústria de refrigerante – e falamos aqui de Coca-cola e Pepsi. Um estudo mostrou que milhões de dólares foram dados a pelo menos 100 grupos de saúde influentes nos últimos anos. O estudo acompanhou doações da indústria e gastos de lobby de 2011 a 2015, período em que muitas cidades foram ponderando impostos sobre o refrigerante ou outras regulamentações para combater a obesidade.

Interessante não é mesmo? Não!! É apenas a Indústria sendo Matrix! Como confiar em grupos que se dizem promotores de saúde e qualidade de vida, que apresentam representantes corrompidos em favor de qualquer coisa, menos da vida da população!  Em tempos de cuidados com a saúde
​, a saúde​ de nossas crianças é fundamental, pensem nisso!
​ATENÇÃO: O refrigerante, mesmo nas versões light e diet, possui ácido fosfórico, diversos componentes químicos responsáveis pela descalcificação dos ossos e corantes prejudiciais à saúde, que hoje sabemos que fazem mais mal que sua versão original. ​
Malefícios relacionados ao consumo de refrigerantes: Obesidade, osteoporose, doenças cardiovasculares, gastrite, cárie, insônia, envelhecimento precoce, câncer, dentre outros…​

Envie e-mail para o colunista: clinicacissat@gmail.com

WhatsApp: (31) 98837-1734

Leia Também!

Dr. Juliano Andrade – Vitamina D

Hoje vamos falar sobre a Vitamina D.  Um hormônio esteroide lipossolúvel, por muito ja considerada …