Mais um homicídio – Homem é morto com tiro no ombro no bairro Fênix em Itabira

0

Wanderson Alves Santos “Ganjão”, 27 anos, morreu ao ser atingido por um tiro no ombro do lado direito. Segundo a Polícia Militar de Itabira, o principal suspeito do crime seria  “Tanaca”, que teria uma desavença com a vítima.

Por volta das 22h50 desta quinta-feira, 24 de outubro, “Ganjão” teria parado seu Vectra prata, placa GWL-1938, na porta da casa da sogra na rua Cristóvão Pimentel, bairro Fênix, aonde teria batido a roda no meio fio causando o estouro do pneu. Neste momento as pessoas saíram para a rua para saber o que havia ocorrido e viram o rapaz sangrando dentro do carro. Segundo informações, “Ganjão” teria sido baleado em outro local e seguiu até a casa da sogra para pedir ajuda.

Wanderson Alves Santos faleceu ainda dentro da ambulância do Samu - Foto: Fabiano Palauro

Wanderson Alves Santos faleceu ainda dentro da ambulância do Samu – Foto: Fabiano Palauro

Ao perceberem que Wanderson Santos estava baleado no ombro, populares chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que enviou uma equipe sem médico ao local. A equipe imobilizou a vítima, que já estava inconsciente e seguiu com o rapaz para o pronto-socorro. A ambulância foi interceptada por outra ambulância do Samu, que estava com um médico, no bairro Hamilton, mas “Ganjão” já estava sem vida e sendo levado ao necrotério do Hospital Nossa Senhora das Dores.

Testemunhas disseram que quem atirou em Wanderson Santos foi “Tanaca”, neste momento os policiais militares fizeram um intenso rastreamento, mas o suspeito não foi localizado. Segundo testemunhas, “Tanaca” já teria tentado matar Ganjão em datas anteriores, devido uma rixa entre os dois.

Foto: Fabiano Palauro

Foto: Fabiano Palauro

O Vectra foi periciado pela Polícia Civil e liberado aos familiares da vítima. Segundo informações, “Wanderson Santos deixa esposa e uma filha.

Compartilhar.

Deixe um comentário